Olhos De Borracha

Chafun di Formio

Compositor: Chafun Di Formio

Eu sei, já aponta o dedo
Visando todos ao redor
De olho no que é do parceiro
O que é dos outros pra ele é melhor

Nunca vai a luta
Está sempre a criticar
Espera o guerreiro cair
E o dedo apontar

Digno de dó, pobre usuria maldita
Quando o jogo aperta
Pode crer teu cú apíta

Seus óculos não escondem
Seus olhos de borracha
Sua mascara não esconde
Seu semblante de farça

Boca de fossa pare de resmungar ou pereça nessa ideia
Objetivos e metas pela metade
Se não tenho
Tu não tem compadre

©2003- 2017 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital